RECIMO - Monografias

O Repositório Científico de Moçambique (RECIMO) é um conjunto de serviços de informação, gestão, armazenamento, preservação, disseminação e acesso a objectos digitais produzidos no universo das actividades de ensino, investigação, extensão e inovação das Instituições de Ensino Superior e de Investigação Científica Nacionais.

O RECIMO subdivide-se em dois subsistemas de repositórios: Publicações Científicas e Monografias.

O RECIMO – Monografias regista e agrega trabalhos apresentados em jornadas estudantis, trabalhos de conclusão de curso de licenciatura e especialização ministrados pelas Instituições de Ensino Superior.

O RECIMO permite o acesso aberto a todas publicações científicas e académicas. O acesso aos metadados e documentos depositados é livre e gratuito. As publicações estão abrangidas pela licença padrão Creative Commons Internacional.

Para mais informações ou esclarecimentos entre em contacto através do helpdesk@recimo.ac.mz.

 

Entradas recentes

Item
REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL DA ENAP: CONTEÚDOS ABERTOS, INTELIGÊNCIA COLETIVA E INOVAÇÃO
(2015-05-26) Muller, Claudia Cristina
Em 2013, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) criou a Coordenação Geral de Gestão da Informação e do Conhecimento (CGCON), para valorizar o capital intelectual e desenvolver práticas que priorizem a gestão do conhecimento com participação social, o acesso aberto à informação e ao conhecimento, a transparência, o uso e o reuso dos materiais produzidos. Nessa direção, este artigo relata o planejamento e o desenvolvimento do “Repositório Institucional da ENAP”, considerado o acervo do conhecimento da instituição, onde toda a produção intelectual está preservada e pode ser livremente acessada no endereço eletrônico repositorio.enap.gov.br, sem necessidade de qualquer cadastro. Contém documentos da memória organizacional, estudos de caso para a aprendizagem organizacional, práticas inovadoras da Administração Pública Federal, publicações da ENAP e de suas parcerias, produção científica de cursos de pós-graduação, objetos educacionais, entre outros materiais. Dentro dos princípios de abertura e transparência, importantes valores da organização, o Repositório traz conteúdos abertos e recursos educacionais - mais de 1.700 materiais - para uso e reuso e que contribuem sobremaneira para a formação e o desenvolvimento dos servidores públicos. O Repositório foi construído com inteligência coletiva e inovação no fluxo de trabalho e nos processos de gestão do Repositório.
Item
REPOSITÓRIOS INSTITUCIONAIS DE ACESSO ABERTO: cenário nos países ibero-americanos
(2014-05) Coco, Ana Paula; Rodrigues, Rosângela Schwarz
Os repositórios de acesso aberto surgem como alternativa para aumentar a visibilidade da produção científica das instituições. O objetivo deste artigo consiste em analisar os repositórios institucionais de acesso aberto dos países ibero-americanos cadastrados no Registry of Open Access Repositories, por meio a) da identificação das instituições que mantém repositórios, b) da caracterização das coleções e c) da descrição dos mecanismos de apresentação dos documentos. Os procedimentos metodológicos utilizados são de natureza descritiva, exploratória, documental e quantitativa, utilizando a ficha documental como instrumento de coleta e estatística descritiva para a análise dos dados. Os resultados mostraram que, dos 180 repositórios cadastrados no ROAR como repositórios institucionais ou departamentais dos países ibero americanos, 48,3% (87) atenderam aos critérios para inclusão no trabalho. Foi possível identificar que 36,8% (32) têm as bibliotecas e centros de documentação e informação como responsáveis pelo gerenciamento, e 83,9% (73) utilizam o software DSpace e registraram mais de 119 tipos de coleções. Na verificação dos mecanismos de apresentação e preservação, constatou-se que 94,2% (82) estão cadastrados em formato PDF, 90,8% (79) dos repositórios utilizam o serviço de identificador persistente, e 47,1% (41) utilizam as licenças Creative Commons.